Antony Gormley (nascido em 1950) no Musée Rodin em Paris,
Escultura de aço colocada entre moquetes de Auguste Rodin (1840-1917),
@ Christian Art

 

Antony Gormley (nascido em 1950) no Musée Rodin em Paris,
Escultura de aço colocada entre moquetes de Auguste Rodin (1840-1917),
@ Christian Art

 

Evangelho de 11 de abril de 2024

João Batista disse: "O Pai ama o Filho

João 3:31-36

João Batista disse aos seus discípulos:

Aquele que vem de cima está acima de todos os outros; aquele que nasce da terra é ele mesmo terreno e fala de uma forma terrena.

Aquele que vem do céu dá testemunho das coisas que viu e ouviu, mesmo que seu testemunho não seja aceito; embora todos os que aceitem seu testemunho estejam atestando a veracidade de Deus, uma vez que aquele que Deus enviou fala as próprias palavras de Deus:

Deus lhe dá o Espírito sem reservas. O Pai ama o Filho e confiou tudo a ele. Quem crê no Filho tem a vida eterna, mas quem se recusa a crer no Filho nunca verá a vida: a ira de Deus permanece sobre ele".

Reflexão sobre a exposição

Em nossa leitura do Evangelho de hoje, recebemos palavras ditas por João Batista a seus próprios discípulos. No versículo imediatamente anterior, João Batista havia dito o seguinte sobre Jesus: Que Ele cresça, e eu diminua'. Em seguida, ele fala de Jesus, na linha de abertura de nossa leitura do evangelho, como 'Aquele que vem de cima' e que, portanto, 'está acima de todos os outros'. João tinha plena consciência de que Jesus estava acima dele. Ele continua a dizer sobre Jesus, nas palavras de nossa leitura, que ele 'vem do céu'.  João tinha um profundo apreço pela singularidade de Jesus, e é por isso que ele podia dizer: "Ele deve crescer, mas eu devo diminuir".

Há um sentido em que nunca apreciamos totalmente nesta vida a singularidade, a especialidade de Jesus. Quanto mais vemos Jesus, mais reconhecemos o que ainda está para ser visto. Quanto mais nos aproximamos dele, mais percebemos o quanto nosso relacionamento com ele poderia ser mais profundo. Às vezes, parece que quanto mais nos aproximamos, mais distantes estamos, mais percebemos que ainda há muito trabalho a ser feito em nossa própria alma. Mas, à medida que Ele aumenta em nós e nós diminuímos, não deixamos de ser nós mesmos. Em vez disso, quanto mais Jesus aumenta em nós, mais nos tornamos nosso verdadeiro eu, nosso eu crístico, a pessoa que Deus está nos chamando para ser. Esse é o paradoxo da vida cristã: diminuir para aumentar.

Recentemente, assisti a uma exposição no Musée Rodin em que Antony Gormley intercalou suas obras entre as obras de Rodin. Foi uma exposição magnífica. Escultores como Rodin e Gormley há muito tempo exploram a manipulação da escala como uma ferramenta dinâmica para evocar respostas emocionais e conceituais variadas de seu público. Ao aumentar ou diminuir intencionalmente o tamanho de suas esculturas, os artistas podem alterar drasticamente a maneira como uma peça é percebida e experimentada, aumentando assim seu impacto e aprofundando seu significado. Esculturas maiores do que a vida podem evocar uma sensação de admiração e espanto; por outro lado, quando os artistas optam por miniaturizar suas esculturas, eles convidam a uma interação íntima que exige uma inspeção mais próxima. Obras em pequena escala podem evocar uma sensação de delicadeza e preciosidade. Isso acontece nas obras de escultura. No âmbito de nossa vida espiritual, podemos fazer as duas coisas ao mesmo tempo: diminuir para aumentar ao mesmo tempo!

Compartilhe esta leitura do Evangelho

Você gostou desta leitura do Evangelho e da reflexão da arte?

Participe da discussão sobre esta obra de arte e leitura do Evangelho

Subscribe
Notify of
51 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mark Crain
Membro
Mark Crain
3 meses atrás

Sou grato por ter lido as postagens de ontem e quero expressar minha gratidão pelas trocas de ideias atenciosas. Que bênção de Deus esta comunidade da CA é para mim. E obrigado, Padre Patrick.

Carol Heise
Membro
Carol Heise
3 meses atrás
Responder a  Mark Crain

Obrigado pelas orações de ontem, Mark. E agradeço a Deus pelo fato de o Padre Patrick ter nos presenteado com este site abençoado e com a bela arte. A pintura de ontem foi incrível. Ela realmente me impressionou!

Mark Crain
Membro
Mark Crain
3 meses atrás
Responder a  Carol Heise

Também me impressionou. Continuo orando por você, Carol.

Pauline Wood
Membro
Pauline Wood
3 meses atrás

Estou gostando muito de ver esse trabalho de Anthony Gormley nessa situação. Tenho que confessar que "abandonei" seu trabalho nos últimos anos e é bom me sentir animado com uma de suas figuras novamente. Talvez seja por causa da maneira esclarecedora com que o Pe. Patrick a colocou em relação ao Evangelho de hoje. Escala, diminuindo em si mesmo e aumentando em Jesus. A postura humilde da figura, sua cabeça aparentemente inclinada, sua cor terrosa, seu apelo à indústria, ao trabalho e à erosão; decadência e transformação. Ela parece bastante vulnerável em sua diferença entre todos os ambientes finos e particulares... mas fala a mesma linguagem de fabricação dos Rodins e é feita de material forte. O lustre, talvez evocativo do Espírito Santo pairando acima, elevando nosso olhar para o relacionamento de amor dentro da Trindade. Sim, eu realmente gostei de olhar para isso, nesse contexto. Muito obrigado.

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  Pauline Wood

Obrigado, Pauline, por apontar as coisas que eu não conseguia ver!

Jeanne M
Membro
Jeanne M
3 meses atrás
Responder a  Pauline Wood

Nós dois notamos o lustre, Pauline. É bom ouvir de você novamente.

Will Howard
Membro
Will Howard
3 meses atrás
Responder a  Pauline Wood

Sim ! Pauline ... Eu também estou muito entusiasmado com essa "Massa Crítica"/Rodin, reintrodução ao trabalho de Gormley.

Imediatamente pesquisei o programa e encontrei um vídeo de nove minutos e meio no YouTube sobre ele:
" EXPOSIÇÃO | Antony Gormley - Critical Mass, entrevista com Antony Gormley"

Fiquei realmente impressionado com suas palavras na entrevista, conforme minhas próprias palavras sobrepostas à reflexão do Pe. P sobre o Evangelho de hoje - os colchetes e as letras maiúsculas emprestam minha própria interpretação:
"Em um mundo político no qual o medo e a política de identidade desempenham um papel tão importante, a refundação da experiência em primeira mão com [IN] o [Corpo] torna-se cada vez mais importante. .... sentimos a [Massa], a [Massa] é demonstrada neste trabalho; e por meio dela talvez sintamos nossa própria ... 'massa' ... escala "
(minutos 8:05 - 8:42.).

Recomendo muito que você assista a toda a entrevista!

Como sacerdote, a "missa", como o "corpo" de Cristo, é "cada vez mais" tudo para mim atualmente. Acabo de receber um e-mail de um jovem amigo (na casa dos 30 anos), um grande artista em "potencial"... que está tendo dificuldades para encontrar seu "sucesso", seu "trabalho", para se levantar e abraçar o "Caminho, Verdade e Vida" de Cristo. Com um grande sorriso, ele, preocupado com minha luta contra o zumbido, enviou mais uma referência ao mais recente pó/droga psico antidepressivo "natural" que funciona como fixador de energia, que ele está explorando ultimamente. Enquanto isso, criado na Igreja, ele, como muitos de sua geração que reclamam de traumatização, rejeita: a "religião", a missa, o catolicismo e, aparentemente, consequentemente, sua própria massa e sua individualidade.

Sim, a escultura, potencialmente, tem um grande impacto sobre o que "acreditamos" sobre este mundo e nossa passagem fugaz por ele, ... para qualquer fim. Há, sem dúvida, uma "ira de Deus que permanece sobre nós" quando deixamos de perceber a "massa crítica" de Seu próprio Corpo e Sangue em nosso meio, tridimensionalmente - PLUS. Afinal de contas, entende-se nesta vida, em sua flagrante bondade, beleza e verdade, que "Deus nos dá o Espírito sem reservas". Sim, Sua "Missa" é "crítica". É "maior do que a vida", "Vem do Céu", ao mesmo tempo em que é incrivelmente "íntima" e dimensionada para nossa minúscula existência imediata em relação à eternidade. Mas, o mais importante, como vemos nas figuras de Gormley, ela é dimensionada para nossa humanidade "encarnada" - 1,80 m de altura - "... nosso verdadeiro eu, nosso eu crístico, a pessoa que Deus está nos chamando para ser". "

Pauline Wood
Membro
Pauline Wood
3 meses atrás
Responder a  Will Howard

Obrigado, Pe. Will, por compartilhar esses insights e reflexões sobre a nossa massa/Mass, o encarnado de 1,80 m (ou menos, no meu caso 😉). Vou procurar esse vídeo. Essa obra de arte com esse evangelho é simplesmente inspiradora e tem estado em minha mente o dia todo. Oro para que seu artista de 30 anos continue em sua jornada, buscando a verdade que é Jesus, e veja o início dela com novos olhos e um coração e espírito renovados em Cristo. Foi isso que aconteceu comigo. Nada é impossível para Deus.

Will Howard
Membro
Will Howard
3 meses atrás
Responder a  Pauline Wood

OBRIGADO, PAULINE

Patricia O'Brien
Membro
Patricia O'Brien
3 meses atrás

Maravilhoso evangelho de hoje - João nos diz que Jesus é "A Verdade
O fato de outros se recusarem a aceitar isso não muda o fato!
'Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida'

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  Patricia O'Brien

São João, o Amado, rogai por nós.

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  Patricia O'Brien

São João Batista, rogai por nós.

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás

Não sou especialista em arte e realmente não entendo o contexto da peça aqui. Realmente não gosto do ambiente ornamentado e sinto que estou mais preocupado com o cômodo do que com as esculturas. Adoro a magnífica janela e me sinto atraído pelo que pode ser visto através dela!

No entanto, entendo o ponto sobre tamanho, escala e forma e a reflexão sobre como percebemos Jesus em nossas vidas. Em um minuto, ele é esmagador, no outro, quase desaparece. Gostamos de pensar que sabemos muito sobre física e como o universo é composto e como ele se relaciona consigo mesmo e conosco, mas na verdade sabemos muito pouco sobre por que algumas coisas são tão grandes e outras tão pequenas. Uma coisa é certa: o Universo é governado por um determinado conjunto de regras que raramente consideramos em nossa vida cotidiana. Ele não é um lugar de caos, mas de ordem. A arte também, apesar de os artistas quererem constantemente "quebrar" as regras, é igualmente um lugar de ordem.

João Batista encolheu tanto o seu ego que mal conseguimos vislumbrar o homem por trás da mensagem. Vemos a mesma invisibilidade em Maria, que sempre nos iludirá como pessoa porque ela é "cheia de graça" e ser cheio de graça é ser vazio de ego. Ela tem tudo a ver com o Senhor.

Testemunhar o declínio constante de meu irmão me faz lembrar de como encolhemos à medida que envelhecemos, e não apenas fisicamente. Tornamo-nos invisíveis em nossas comunidades, não somos interessantes, apenas uma casca de quem éramos. Acho que o espírito assume o controle à medida que o corpo diminui. Os últimos dias têm sido difíceis para mim, pois não pude visitar meu irmão. Estou tentando pegar o último vestígio dele antes que ele se vá. No entanto, de certa forma, o que ele era já se foi. Ele agora está marcado para o céu e o que eu quero não entra na equação. Preciso deixar essas coisas como estão.

Tornar-se invisível para o mundo é, de fato, um chamado muito elevado, porque quanto mais nos apagamos, mais o Senhor assume o controle. No entanto, é impossível sem pedir para nos tornarmos mais Ele mesmo do que nós mesmos.

Minha oração hoje é encontrar alegria em meu encolhimento, para que, quando eu me sentir sem importância e ignorado pelos outros, peça a Jesus que preencha esse vazio e me dê o dom de Si mesmo, para que eu possa ficar cada vez mais perto de ser a pessoa que fui criado para ser.

Chazbo M
Membro
Chazbo M
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Tenho que admitir que me sinto um pouco leve ao pensar em comentários para fazer depois de ler suas entradas SFG. Penso 🤔 comigo mesmo: por que não vivencio o mundo 🌎 de maneira tão profunda? De qualquer forma, eu entendo muito do que você diz, portanto, obrigado por sua articulação.
Hoje planejamos fazer uma pequena viagem de trem para contornar o Monte Etna. Esperamos ver os anéis de fumaça perfeitos que ela (ela é fêmea nesta ilha) emite.

Mark Crain
Membro
Mark Crain
3 meses atrás
Responder a  Chazbo M

Bem dito, Chazbo.

Jeanne M
Membro
Jeanne M
3 meses atrás
Responder a  Chazbo M

Estou com você, Chazbo, posso me sentir como um peixinho espiritual - mas até nós, peixinhos, temos nosso propósito! Eu vi os anéis de fumaça do Etna on-line e o pequeno trem, "circum....something"? De fato, tenha um bom dia.

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  Jeanne M

Somos peixinhos, Noelle.

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Isso significa incluir a palavra "todos".

Jeanne M
Membro
Jeanne M
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Sim, isso é certo, todos nós estamos diante de Deus e sabemos disso em nós mesmos - mas alguns são particularmente bons em articular percepções úteis...., por exemplo.

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  Chazbo M

Todos nós estamos no raso, Chazbo, mas alguns de nós talvez se arrisquem a ir um pouco mais longe. Só sei que não espero que as pessoas comentem minhas palavras, nem mesmo que as leiam, só sei que tenho que escrevê-las.

Sou fascinado por vulcões, especialmente os islandeses; em comparação, acho o Etna bem sem graça!

Jeanne M
Membro
Jeanne M
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Concordo, SfG, eu "tenho que" me aprofundar nas pinturas diárias e no evangelho, embora não seja tão bom no último. Na verdade, acho que estamos "fazendo um diário".

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Bem, eu o considero incrível, SFG. Li seus comentários e fico feliz que os tenha compartilhado. Já disse uma vez e repito: como sua família e seus amigos são sortudos por terem alguém como você em suas vidas.

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

um de meus irmãos sempre quis ir à Islândia......, mas nunca conseguiu.
De qualquer forma, descobri na internet um fotógrafo da Dinamarca que faz um trabalho INCRÍVEL.
Seu nome é Mads Peter Iversen.
talvez você goste destas cenas da Islândia que ele tirou:

https://www.mpiphoto.dk/Gallery/Highlands-of-Iceland

Patricia O'Brien
Membro
Patricia O'Brien
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Profundo hoje SfG x

Pauline Wood
Membro
Pauline Wood
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Isso é lindo. Obrigado por essas reflexões.

George K
Membro
George K
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

SFG, posso me identificar com sua observação sobre o encolhimento à medida que envelhecemos. Perdi mais de cinco centímetros de altura. Gosto de pensar que cresci espiritualmente à medida que envelheci. Minha esposa morreu de Mal de Alzheimer. Concordo com sua observação de que parte do que seu irmão era já se foi. Essa foi a pior parte de perder minha esposa... vê-la se deteriorar tão, tão lentamente. Encontrei paz ao visualizar Deus/Jesus cumprimentando-a com os braços abertos para recebê-la e dar-lhe as boas-vindas à presença Deles antes que ela realmente se fosse.

Seus dois últimos parágrafos também me tocaram. Ao pensar menos em minha própria perda e pedir a Deus orientação sobre como posso servi-Lo agora, encontro algum conforto em saber que estou servindo a Deus em vez de satisfazer meu ego. Não posso dizer que encontrei alegria em meu encolhimento físico; posso dizer que encontrei alegria em servir ao meu Senhor.

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  George K

Eu realmente gosto deste site .....i gosto muito dele por causa da arte e dos comentários do Pai.........mas também por causa das reflexões e percepções de SFG e George K....i realmente estou aprendendo e isso é uma coisa boa!

Jeanne M
Membro
Jeanne M
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Tantas verdades e percepções úteis aqui, obrigado, SfG. Sua observação sobre o encolhimento de nosso lugar na sociedade realmente ressoa, embora eu ache, cada vez mais, que nós, idosos, estamos nos ajudando mutuamente....

Last edited 3 months ago by Jeanne M
Michael Trudeau
Membro
Michael Trudeau
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Não costumo comentar com frequência, mas sua contribuição de hoje me fez parar e refletir. Também preciso orar para "encontrar alegria em meu encolhimento". Que você seja abençoado com alegria.

Jeanne M
Membro
Jeanne M
3 meses atrás

Ontem, fomos presenteados com uma pintura tranquila da Virgem e do Menino, em que o foco estava em Maria e Jesus. A santidade do casal foi atestada pela presença dos anjos, as únicas outras figuras claramente representadas na luz.
Hoje é difícil dizer onde está o verdadeiro foco. Em termos de perspectiva, é a figura de aço em tamanho real de Gormley, mas é difícil capturar os detalhes, pois há muito para nos deter no caminho: as maquetes - definitivamente não são moquetes, que é um material de mobília antiquado! - o elaborado trabalho em madeira, incluindo um belo piso de parquet, e até mesmo a janela e o jardim ao fundo. A figura de aço em si é um tipo de maquete, um homem inacabado, um trabalho em andamento? Embora saibamos que a escultura em si é um trabalho finalizado, ela tem uma sensação de inacabamento, ao contrário de suas esculturas mais figurativas. É esse o objetivo da fotografia, que nem na época de Rodin, nem na nossa, o homem é uma criação acabada? Nenhuma das figuras ainda alcançou a "vida em toda a sua plenitude".
O magnífico lustre pendurado acima da cabeça da figura, involuntariamente ou não, lembra uma bênção vinda do alto, como a pomba descendo sobre Jesus em Seu batismo.
Padre Patrick diz que
"Às vezes, parece que quanto mais nos aproximamos, mais distantes estamos, mais percebemos que ainda há muito trabalho a ser feito em nossas próprias almas." Quer estejamos buscando mais doçura - obrigado SfG! - maior paciência, maior compreensão, maior humildade. Ou menos: menos mau humor, menos julgamento, menos impaciência, etc. - insira seus próprios detalhes aqui! - Somos todos maquetes, estudos preliminares. Nosso Senhor Deus é o escultor, mas devemos oferecer a Ele o melhor material possível para trabalhar: "Porque Deus é quem opera em vocês o querer e o agir de acordo com o seu bom propósito". (Filipenses 2).
P.S. O Museu Rodin é adorável, "vaut la visite".

Chazbo M
Membro
Chazbo M
3 meses atrás
Responder a  Jeanne M

Tenho um ponto cego com relação a Rodin e Gormley, por exemplo. Suponho que seja minha cegueira, mas toda arte é subjetiva, não é? Ontem fomos a uma pequena exposição de arte pintada por alunos da escola de ensino médio próxima. Eram de qualidade uniformemente ruim, mas foi bom para eles terem essa chance. Nunca se sabe de onde pode surgir um verdadeiro talento.
Agora estou divagando 🙁.

Patricia O'Brien
Membro
Patricia O'Brien
3 meses atrás
Responder a  Chazbo M

Engraçado... eu adoro os dois 😅

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  Patricia O'Brien

É possível, mas não tenho certeza se consigo vê-los nesse ambiente.

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  Jeanne M

Obrigado, Noelle, há ótimas percepções aqui. Eu realmente aprecio sua perspectiva artística.

Mônica Doyle
Membro
Mônica Doyle
3 meses atrás

Isso quer dizer que nos tornamos "metamorfos" aos olhos de Deus, sob Seu olhar? Muito instigante! Vou ouvir essa peça de Mahler hoje... Obrigado a ambos!

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás

"O entendimento é a recompensa da fé. Portanto, não procurem entender para crer, mas creiam para entender."
- Santo Agostinho de Hipona

Gustav Mahler Sinfonia nº 2 :
Acredite, meu coração
Nada será perdido para você
É tudo seu; seu, o que você desejava
O seu, o que você amou e pelo que se esforçou
Acredite, você não nasceu em vão
Você não amou e lutou em vão
Tudo o que é trazido à vida deve passar
O que passa deve ressurgir
Cessar seu tremor
Prepare-se
Prepare-se para a vida
Tristeza penetrante,
se libertaram de você
A morte que tudo destrói,
agora você foi conquistado
Nas asas que ganhei
Eu me elevarei com amor ardente...
... para a luz que nenhum olho viu
Eu morrerei para encontrar a vida
Você se levantará novamente
Sim, você se levantará novamente,
meu coração, em um instante
O que você superou
o levará a Deus
- Gustav Mahler

Anexei o vídeo do Royal Albert Hall BBC PROMS abaixo, caso alguém esteja interessado:
G.Mahler - Sinfonia No. 2, Ressurreição - Orquestra Sinfônica Simon Bolivar - Gustavo Dudamel

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  Jamie Cardinal
Chazbo M
Membro
Chazbo M
3 meses atrás
Responder a  Jamie Cardinal

Sempre me perguntei qual era de fato a fé de Mahler. Ele teve que se converter para que sua carreira progredisse e há algum pensamento cristão em sua obra, mas em algum momento ele se desviou para uma espécie de hinduísmo.
Na minha opinião, um dos maiores homens que já existiu. Por que os judeus são tão talentosos?

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  Chazbo M

Então, ele era claramente judeu?

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  Chazbo M

Como minha santa avó costumava dizer: "Você está se gabando ou reclamando? LOL

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás
Responder a  Jamie Cardinal

Eu deveria ter mencionado Klopstock também.

Friedrich Gottlieb Klopstock (1724 - 1803) foi um poeta alemão. Suas obras mais conhecidas são o poema épico Der Messias ("O Messias") e o poema Die Auferstehung ("A Ressurreição"), sendo que o último foi definido como texto no final da Sinfonia nº 2 de Gustav Mahler. Uma de suas principais contribuições para a literatura alemã foi abri-la para a exploração fora dos modelos franceses.

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
3 meses atrás

Saí pela tangente LOL.......mas não consigo resistir!
Para o querido Thimas:

https://www.youtube.com/watch?v=LCRZZC-DH7M

Última edição 3 meses atrás por Jamie Cardinal
Thimas@
Membro
Thimas@
3 meses atrás
Responder a  Jamie Cardinal

Belas palavras de Klopstock Jamie... (Mahler),
Também gostei da Peggy Lee, obrigado. É preciso ser corajoso para pensar que "isso é tudo o que existe", mas a vida pode ser boa se estiver em uma moldura, talvez ela possa até nos libertar. Quem sabe?

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
3 meses atrás
Responder a  Thimas@

Conheço muitas pessoas que acreditam ser livres em sua descrença, mas também tendem a ser muito cínicas e egoístas.

Thimas@
Membro
Thimas@
3 meses atrás
Responder a  spaceforgrace

Bem, isso abrangeria as cerca de 12.000 gerações anteriores ao Antigo Testamento e, é claro, cerca de 54 bilhões de pessoas atualmente.
Não há dúvida de que a moral e os ideais cristãos são excelentes, mas isso não significa que qualquer pessoa que não seja religiosa não tenha um senso de certo e errado e uma consciência.
Dos 31 bilhões de cristãos do planeta, eu apostaria que a grande maioria não dá a mínima para isso, como no Reino Unido. Há pessoas boas e ruins, e isso não é definido pela religião, eu acho.

George K
Membro
George K
3 meses atrás
Responder a  Thimas@

Aqui está a letra de uma música que Bob Dylan escreveu há 45 anos sobre como a única liberdade verdadeira que temos é a liberdade de escolha...

"Mas você terá que servir alguém, sim, de fato
Você terá que servir alguém
Bem, pode ser o Diabo ou pode ser o Senhor
Mas você terá que servir a alguém".

Thimas@
Membro
Thimas@
3 meses atrás
Responder a  George K

O bom e velho Bob. Posso tocar algumas de suas músicas e tocar gaita! Quando você aprende suas músicas, percebe o quanto elas são negativas, mas ainda assim fantásticas.
Abaixo está a música Percy's de Dylan com Joan bias cantando enquanto Bob Dylan está digitando outra música na máquina de escrever e seu empresário está assistindo. Essa é uma música sobre um amigo dele que pegou 99 anos de prisão por dirigir.
Quanto à Joan, o tom é perfeito e, com certeza, é uma voz do céu!

https://youtu.be/j_mN901sMJw?si=GKtNaicaENzDspOr

George K
Membro
George K
3 meses atrás
Responder a  Thimas@

Thimas, meu entendimento dessa música é que quatro pessoas morreram como resultado da infração de direção, nenhuma delas o motorista. Meu palpite é que a infração provavelmente foi dirigir sob a influência de álcool e/ou drogas.

Não considero as músicas de Bob Dylan negativas. Penso nelas como comentários sobre a sociedade, a vida ou, nesse caso, a morte. Acho que ele faz observações; eu decido se elas são positivas, neutras ou negativas.

George K
Membro
George K
3 meses atrás
Responder a  George K

Acho que essa música não se trata de um incidente verdadeiro, mas de Dylan reescrevendo a música de outra pessoa. A Wikipedia tem alguns comentários sobre ela.

Thimas@
Membro
Thimas@
3 meses atrás
Responder a  George K

https://youtu.be/j_mN901sMJw?si=GKtNaicaENzDspOr

Experimente isso, George, uma voz do céu enquanto Bob escreve na máquina de escrever.
No entanto, acho Bob Dylan um pouco negativo, mas Joan B é muito positiva 😄.

Última edição 3 meses atrás por Thimas@
Thimas@
Membro
Thimas@
3 meses atrás
Responder a  George K

Ele é fantástico, não é? No entanto, todas as suas músicas são muito negativas. Por falar nisso, George, procure no YouTube a música de Bob Dylan e Joan Baez Percy. Dylan está em uma máquina de escrever escrevendo outra música, o empresário está assistindo e Baez canta uma de suas antigas músicas sobre um amigo seu que foi condenado a 99 anos de prisão por um crime de trânsito. A maioria de suas músicas é negativa, mas Joan Baez, sentada aqui em um sofá, tem uma voz do céu!

Leituras relacionadas a João 3:31-36

14 de setembro de 2020

João 3:13-17

A Festa da Exaltação da Santa Cruz

15 de abril de 2021

João 3:31-36

Qualquer pessoa que acredita no Filho tem a vida eterna

19 de abril de 2023

João 3:16-21

A conversa continuada de Jesus com Nicodemus

17 de abril de 2023

João 3:1-8

Nicodemos, um dos principais judeus, veio a Jesus à noite

Junte-se à nossa comunidade

Além de receber nossa Leitura Diária do Evangelho e Reflexão Artística, sua inscrição gratuita lhe permite ainda: 

A missão da Arte Cristã é oferecer uma leitura diária do Evangelho, acompanhada de uma obra de arte relacionada e de uma breve reflexão. Nosso objetivo é ajudar as pessoas a se aproximarem de Deus através da magnífica união entre a arte e a fé cristã.

CONECTE-SE A NÓS

Junte-se a mais de 70.000 pessoas que recebem diariamente nossa Leitura do Evangelho e Reflexão de Arte

Pular para o conteúdo