Alexander J. Cassatt e seu filho, Robert Kelso Cassatt,
Pintado por Mary Stevenson Cassatt (1844-1926),
Pintado em 1884,
Óleo sobre tela
© Museu de Arte da Filadélfia

Alexander J. Cassatt e seu filho, Robert Kelso Cassatt,
Pintado por Mary Stevenson Cassatt (1844-1926),
Pintado em 1884,
Óleo sobre tela
© Museu de Arte da Filadélfia

Evangelho de 5 de dezembro de 2023

Todas as coisas me foram entregues por meu Pai

Lucas 10:21-24

Repleto de alegria pelo Espírito Santo, disse Jesus:

"Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado. Todas as coisas me foram entregues por meu Pai; e ninguém sabe quem é o Filho, a não ser o Pai, e quem é o Pai, a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho quiser revelar".

Então ele se voltou para os seus discípulos e lhes disse em particular: "Felizes são os olhos que veem o que vocês veem. Pois eu digo que muitos profetas e reis desejaram ver o que vocês estão vendo, mas não viram; e ouvir o que vocês estão ouvindo, mas não ouviram".

Reflexão sobre a pintura

O evangelista Lucas, em nossa leitura do Evangelho de hoje, nos dá uma bela visão da vida de oração de Jesus. Jesus ora a partir de seu relacionamento único com Deus, o Pai: "Ninguém sabe quem é o Filho senão o Pai, ou quem é o Pai senão o Filho". No entanto, fica claro pelo que Jesus continua a dizer que esse relacionamento único não está fechado em si mesmo. Jesus quer atrair as pessoas para o seu relacionamento com Deus.

Embora Jesus queira atrair a todos, somente algumas pessoas se deixam atrair. Aqueles que têm a abertura de uma criança para o mistério de Deus serão atraídos. O Advento é um período para crescermos em nossa proximidade com Jesus. Oramos a Deus para que Ele possa nos tornar um pouco mais parecidos com crianças pequenas, que reconhecem suas próprias necessidades e sabem que precisam de um pai para guiá-las e amá-las. O Advento é, de fato, uma época para entrar na pobreza de espírito que nos mantém abertos ao que Deus deseja nos mostrar.

Nossa pintura de Mary Cassatt mostra um retrato de pai e filho. Em dezembro de 1884, Alexander Cassatt e seu filho Robert fizeram uma visita surpresa a Paris para ver os pais de Alexander e sua irmã, a pintora Mary Cassatt. Durante as férias de um mês, pai e filho se sentaram para este terno retrato duplo que enfatiza o vínculo e a semelhança física entre eles. Com olhares igualmente focados, bochechas coradas e roupas pretas que os unem em um abraço, pai e filho são flagrados em um momento particular. Podemos sentir que a criança depende de seu pai e está aberta para ser ensinada e amada.

Compartilhe esta leitura do Evangelho

Você gostou desta leitura do Evangelho e da reflexão da arte?

Participe da discussão sobre esta obra de arte e leitura do Evangelho

Subscribe
Notify of
63 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Anthony
Membro
Anthony
4 meses atrás

Em sua época, uma vez noivos, José e Maria estavam legalmente casados. O homem iria construir uma casa para eles e, quando a casa estivesse pronta, ela iria morar com ele e sua vida de casados começaria juntos. Descobriu-se que Maria estava grávida antes disso e José não era o pai, portanto, se o pai fosse um ser humano, ela, de acordo com a lei, deveria ter sido apedrejada por adultério. Assim, José decidiu se divorciar dela discretamente. O anjo lhe garantiu que ela estava grávida pelo poder do Espírito Santo, não do homem, portanto, a virgindade estava intacta.

Mark Crain
Membro
Mark Crain
4 meses atrás
Responder a  Anthony

Isso também é bom o suficiente para mim, Janey M.

Anthony
Membro
Anthony
4 meses atrás

Sem desculpas, Janey, você tem toda a razão.

Noelle Clemens
Membro
Noelle Clemens
4 meses atrás

Não se preocupe, Janey, você não tem culpa. O melhor de tudo é que muitas coisas muito interessantes e úteis foram escritas como resultado desse pequeno contratempo, pelo que agradeço a todos os que postaram inúmeras coisas "sábias e maravilhosas". ❤️‍🔥

Thimas@
Membro
Thimas@
4 meses atrás

Entendi a mensagem e vou parar de deixar comentários no fórum. Não tenho a piedade da maioria aqui.
Leia o livro que recomendei, embora até mesmo os clérigos tenham achado que vale a pena.

George K
George K
4 meses atrás
Responder a  Thimas@

Thimas, você já pensou em se concentrar no que você acredita em vez de no que as outras pessoas acreditam?

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
4 meses atrás

Aqui estão algumas ideias que tenho sobre seu comentário, Janey M:

Santo Agostinho de Hipona disse que "os milagres não são contrários à natureza, mas apenas contrários ao que sabemos sobre a natureza".

Quando frequentei a faculdade e a universidade, estudei matemática e ciências........ Nunca achei que a matemática e as ciências
estavam em desacordo com minha fé católica..... Para mim, argumentar que a ciência entra em conflito com a religião é como dizer que a poesia e a arte entram em conflito com a ciência.
Gosto muito do que o Papa João Paulo II disse: "A ciência pode purificar a religião do erro e da superstição; a religião pode purificar a ciência da idolatria e dos falsos absolutos. Cada uma pode atrair a outra para um mundo mais amplo, um mundo no qual ambas podem florescer."

Eu acredito em Deus .... Acredito que Deus se tornou homem, para que possamos ser "participantes da natureza divina" ........
Deus tem atributos comunicáveis, como bondade e amor (e, é claro, atributos incomunicáveis, como onisciência, onipotência e onipresença).
1 João 3:2 Queridos amigos, agora somos filhos de Deus, e o que havemos de ser ainda não se manifestou. Mas sabemos que, quando Cristo aparecer, seremos semelhantes a ele, pois o veremos como ele é.

Por meio da graça, podemos participar com Deus.

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor está com você;
bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto de vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

Anthony
Membro
Anthony
4 meses atrás

Com relação ao nascimento virginal, talvez seja útil encontrar o seguinte no YouTube;
Dr. Brant Pitrie (um brilhante estudioso da Bíblia) - Por que José planejou se divorciar de Maria?
Pints with Aquinas - Tim Staples e William Albrecht.
Catholic Answers - A virgindade perpétua de Maria.
Merely Christian , Pe. Mike Schmitz.
Há muitos outros.

Noelle Clemens
Membro
Noelle Clemens
4 meses atrás
Responder a  Anthony

Muito útil, obrigado, Anthony.

Leituras relacionadas a Lucas 10:21-24

7 de outubro de 2019

Lucas 10: 25-37

O Bom Samaritano

14 de fevereiro de 2023

Lucas 10:1-9

A colheita é rica, mas os operários são poucos

1 de outubro de 2022

Lucas 10:17-24

Os setenta e dois voltaram regozijando-se

10 de julho de 2022

Lucas 10: 25-37

O Bom Samaritano

Junte-se à nossa comunidade

Além de receber nossa Leitura Diária do Evangelho e Reflexão Artística, sua inscrição gratuita lhe permite ainda: 

A missão da Arte Cristã é oferecer uma leitura diária do Evangelho, acompanhada de uma obra de arte relacionada e de uma breve reflexão. Nosso objetivo é ajudar as pessoas a se aproximarem de Deus através da magnífica união entre a arte e a fé cristã.

CONECTE-SE A NÓS

Junte-se a mais de 70.000 pessoas que recebem diariamente nossa Leitura do Evangelho e Reflexão de Arte

Pular para o conteúdo