A procissão ao Calvário,
Pintado por Pieter Breughel, o Ancião (1526-1569),
Pintado por volta de 1564,
Óleo sobre carvalho,
© Museu Kunsthistorisches, Viena

A procissão ao Calvário,
Pintado por Pieter Breughel, o Ancião (1526-1569),
Pintado por volta de 1564,
Óleo sobre carvalho,
© Museu Kunsthistorisches, Viena

Evangelho de 4 novembro 2020

Qualquer um que não carregue sua cruz não pode ser meu discípulo.

Lucas 14:25-33

Grandes multidões acompanhavam Jesus em seu caminho e ele se virou e falou com eles. Se algum homem vem a mim sem odiar seu pai, mãe, esposa, filhos, irmãos, irmãs, sim e sua própria vida também, ele não pode ser meu discípulo. Aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo..

E, de fato, qual de vocês aqui, com a intenção de construir uma torre, não se sentaria primeiro e calcularia o custo para ver se ele tinha o suficiente para completá-la? Caso contrário, se ele colocasse a fundação e depois se visse incapaz de terminar a obra, todos os espectadores começariam a gozar com ele e a dizer: "Aqui está um homem que começou a construir e não conseguiu terminar". Ou, novamente, que rei marchando para a guerra contra outro rei não se sentaria primeiro e consideraria se com dez mil homens ele poderia fazer frente ao outro que avançou contra ele com vinte mil? Se não, então enquanto o outro rei ainda estava muito longe, ele enviaria enviados para processar pela paz. Assim, da mesma forma, nenhum de vocês pode ser meu discípulo, a menos que ele desista de todos os seus bens".

Reflexão sobre a Pintura

Admiramos Jesus, concordamos com Seu ensinamento, nos gloriamos em Seu amor por nós, O amamos... Mas... somos muito reticentes em sofrer por Ele ou em aceitar a humilhação da cruz por nós mesmos... Mas é exatamente isso que Jesus nos pede na leitura do Evangelho de hoje. Tomé à Kempis (1380-1471) coloca isso de forma bonita: 'Muitos vem seguindo Jesus que amam seu reino celestial, mas poucos vem ansiosos pelo sofrimento. Muitos admiram Seus milagres, mas poucos O seguem em humilhação até a cruz..'

Jesus quer que pensemos no que nos comprometemos a fazer quando realmente querem segui-lo. Ele compara nosso compromisso de planejar a construção de uma torre. Antes de construirmos uma torre, calcularíamos quanto custaria, que materiais precisaríamos, etc. Antes de nos comprometermos com uma vida de discipulado, devemos entender e contar o custo. O compromisso cego que espera apenas bênçãos não tem utilidade para Deus: ele quer discípulos comprometidos e preparados para fazer os sacrifícios necessários.

E assim nossa pintura de Pieter Breughel o Ancião mostra a Procissão ao Calvário e o sacrifício que Cristo fez por nós. Vemos Cristo como uma pequena figura de fundo. As multidões são mais proeminentes. Ele fez o sacrifício há 2.000 anos; agora cabe às multidões, a nós, assumir nossa cruz também. Ao fazê-lo, Maria, colocada firmemente no primeiro plano de nossa pintura, também estará presente para nós a cada passo do caminho.

Compartilhe esta leitura do Evangelho

Você gostou desta leitura do Evangelho e da reflexão da arte?

Participe da discussão sobre esta obra de arte e leitura do Evangelho

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Leituras relacionadas a Lucas 14:25-33

28 de agosto de 2022

Lucas 14:1,7-14

Todo aquele que se humilhar será exaltado

31 de outubro de 2020

Lucas 14:1,7-11

Todo aquele que se humilhar será exaltado

30 de outubro de 2021

Lucas 14:1,7-11

Todo aquele que se humilhar será exaltado

29 de outubro de 2021

Lucas 14:1-6

Rezando com Arte para a COP26

Junte-se à nossa comunidade

Além de receber nossa Leitura Diária do Evangelho e Reflexão Artística, sua inscrição gratuita lhe permite ainda: 

A missão da Arte Cristã é oferecer uma leitura diária do Evangelho, acompanhada de uma obra de arte relacionada e de uma breve reflexão. Nosso objetivo é ajudar as pessoas a se aproximarem de Deus através da magnífica união entre a arte e a fé cristã.

CONECTE-SE A NÓS

Junte-se a mais de 70.000 pessoas que recebem diariamente nossa Leitura do Evangelho e Reflexão de Arte

Pular para o conteúdo