The Rich Man and the Poor Lazarus (O Homem Rico e o Pobre Lázaro),
Pintado por Hendrick ter Brugghen (1588-1629),
Pintado em 1625,
Óleo sobre tela,
© Museu Centraal, Utrecht, Holanda

The Rich Man and the Poor Lazarus (O Homem Rico e o Pobre Lázaro),
Pintado por Hendrick ter Brugghen (1588-1629),
Pintado em 1625,
Óleo sobre tela,
© Museu Centraal, Utrecht, Holanda

Evangelho de 29 de fevereiro de 2024

E em seu portão havia um pobre homem chamado Lazarus

Lucas 16:19-31

Jesus disse aos fariseus: "Havia um homem rico que se vestia de púrpura e linho fino e se banqueteava magnificamente todos os dias. E em seu portão havia um pobre homem chamado Lazarus, coberto de chagas; este ansiava comer o que caía da mesa do rico. Até os cães vinham lamber suas feridas. Chegou o dia em que o mendigo morreu, e os anjos o levaram para junto de Abraão. O rico também morreu e foi sepultado.

No Hades, onde estava sendo atormentado, ele olhou para cima e viu Abraão de longe, com Lázaro ao seu lado. Então, chamou-o: 'Pai Abraão, tem misericórdia de mim e manda que Lázaro molhe a ponta do dedo na água e refresque a minha língua, porque estou sofrendo muito neste fogo'. , mas Abraão respondeu: 'Filho, lembre-se de que durante a sua vida você recebeu coisas boas, enquanto que Lázaro recebeu coisas más. Agora, porém, ele está sendo consolado aqui e você está em sofrimento. E além disso, entre vocês e nós há um grande abismo, de forma que os que desejam passar do nosso lado para o seu, ou do seu lado para o nosso, não conseguem'.

Ele respondeu: 'Então eu te suplico, pai: manda Lázaro ir à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos. Deixa que ele os avise, a fim de que eles não venham também para este lugar de tormento'. Abraão respondeu: 'Eles têm Moisés e os Profetas; que os ouçam'. 'Não, pai Abraão', disse ele, 'mas se alguém dentre os mortos fosse até eles, eles se arrependeriam.' "Abraão respondeu: 'Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão convencer, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos' ".

Reflexão sobre a pintura

Hendrick Jansz ter Brugghen foi um pintor holandês de cenas de gênero e temas religiosos. Ele foi um dos principais membros do grupo de seguidores holandeses de Caravaggio, os chamados Caravaggisti de Utrecht. A influência de Caravaggio é claramente visível no uso de um forte "claro-escuro" (escuro/claro) para as figuras. Além disso, Caravaggio usava como modelos pessoas comuns que ele literalmente pegava na rua e pedia que se sentassem para ele; em seguida, ele as pintava de forma realista, exatamente como eram. Nossa pintura mostra essas mesmas características realistas e altamente pessoais das figuras.

O protagonista principal, que está iluminado em primeiro plano, é Lázaro. Ele é o personagem central de nossa história de hoje. Ele está implorando a um dos servos do mestre que lhe dê um pouco de comida. Ele já estava farto de viver apenas das migalhas da mesa. Os cães estão lambendo suas feridas. O cão da esquerda está olhando para nós. Eles são cães de caça, como convém a um homem rico, e o pintor parece ter se deleitado em pintar o pelo bem escovado e manchado dos animais.

A cena é montada como um palco de teatro. Na parte de trás, o homem rico está recebendo um convidado. Ele está vestido com uma túnica de seda, tingida com púrpura cara, de acordo com a história, e sua mesa está coberta com linho fino e exibe uma natureza morta composta por um peixe grande em um prato de metal, um prato com suculentas azeitonas verdes, um pãozinho, uma pequena garrafa e mais dois pratos de estanho. O homem rico segura uma taça de vinho cheia de flauta enquanto instrui uma criada que se aproxima.

Na extremidade direita, um servo vestido de forma luxuosa, usando um chapéu de penas, está tentando afastar o mendigo desajeitado da porta de seu senhor. O servo não é mencionado na parábola, mas é frequentemente incluído em representações visuais para acentuar a atitude desdenhosa do homem rico em relação aos pobres.

Martin Luther King pregou sobre essa parábola em 1968, algumas semanas antes de ser assassinado. O Dr. King disse:

"... Como nossas vias expressas nos levam do gueto, não vemos os pobres. ... Um dia, Jesus contou uma parábola e nos lembrou que um homem foi para o inferno porque não via os pobres. Seu nome era Dives. Ele era um homem rico. E havia um homem chamado Lázaro que era pobre, mas não era apenas pobre, ele estava doente. Havia feridas por todo o seu corpo e ele estava tão fraco que mal conseguia se mover. Mas ele conseguia chegar ao portão de Dives todos os dias, querendo apenas as migalhas que caíam de sua mesa. E Dives não fazia nada a respeito. E a parábola termina dizendo: "Dives foi para o inferno, e agora havia um abismo fixo entre Lázaro e Dives".

Não há nada nessa parábola que diga que Dives foi para o inferno porque era rico. Jesus nunca fez uma acusação universal contra toda riqueza. ... Dives não percebeu que sua riqueza era sua oportunidade. Era sua oportunidade de transpor o abismo que o separava de seu irmão Lázaro. Dives foi para o inferno porque passava por Lázaro todos os dias e nunca o via de verdade. Ele foi para o inferno não porque era rico, mas porque permitiu que seu irmão se tornasse invisível..."

Compartilhe esta leitura do Evangelho

Você gostou desta leitura do Evangelho e da reflexão da arte?

Participe da discussão sobre esta obra de arte e leitura do Evangelho

Subscribe
Notify of
95 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
1 mês atrás

Obrigado, padre, por sua reflexão e adoro essa parte da incrível citação ..... "Ele foi para o inferno não porque era rico, mas porque permitiu que seu irmão se tornasse invisível..."

RIP Aaron Bushnell......Não concordo com a autoimolação.......mas acho que posso entender por que você fez isso....estamos negligenciando os gritos de Gaza!
O POVO DE GAZA NÃO DEVE SER INVISÍVEL! DEVEMOS OUVIR SEUS GRITOS!
Que todos nós prestemos atenção e nos conscientizemos de nossos irmãos... MESMO OS IGNORADOS EM GAZA!
Aaron Bushnell pode ter tido problemas mentais graves, mas era um homem de coragem...... e quero pensar que sua morte teve um significado!
Pensarei em Aaron e, quando o fizer, pensarei naqueles com quem ele se importava..... os homens e mulheres invisíveis desta época em 2024.

Última edição: 1 mês atrás por Jamie Cardinal
Chazbo M
Membro
Chazbo M
1 mês atrás
Responder a  Jamie Cardinal

Do que você está falando no segundo parágrafo?

Nik
Membro
Nik
1 mês atrás
Responder a  Chazbo M

Aaron Bushnell
🙏

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
1 mês atrás
Responder a  Chazbo M

Aaron Bushnell era um militar de 25 anos da Força Aérea dos Estados Unidos...... Ele cometeu um ato de autoimolação do lado de fora do portão da Embaixada de Israel em Washington, D.C., há alguns dias.
Ele sentiu repulsa pelo genocídio e pela limpeza étnica que estavam acontecendo em Gaza e que estavam sendo cometidos por Israel........ e sentiu repulsa pela cumplicidade americana, que estava permitindo que Israel cometesse crimes de guerra.
Muitos nos Estados Unidos .....incluindo o governo e a grande mídia...... estão encobrindo e/ou ignorando o que está acontecendo em Gaza.
Crianças, mulheres, idosos......poetas e médicos, educadores, artistas, enfermeiros, todos estão sendo alvos e mortos pelos militares israelenses.
A punição coletiva é um crime de guerra e Israel não se importa..........Israel acha que é intocável e que pode cometer
qualquer crime, QUALQUER CRIME!!!..........Militares israelenses entram em hospitais de Gaza e atiram em pacientes em suas camas enquanto dormem.......um paciente estava em coma no hospital e os israelenses atiraram nele...... Tudo isso pode ser comprovado, pois há imagens reais desses horrores!...
a Convenção de Genebra é ridicularizada por Israel e pelos Estados Unidos........tortura é usada, doenças são deliberadamente disseminadas.......
os israelenses estão agindo como sociopatas.........

Israel está dizendo ao mundo que os palestinos NÃO têm defensores e SÃO INVISÍVEIS....

AARON BUSHNELL QUERIA DESTACAR OS CRIMES DE GUERRA E O GENOCÍDIO ISRAELENSES.

Nosso Senhor nos ensinou parábolas para que possamos aprender....Nosso Senhor quer que nos eduquemos para sermos pessoas melhores........ Acho que as seleções de arte e as reflexões do pai sobre elas e sua citação de MLK, Jr. têm o objetivo de nos educar também......
Acho que devemos aplicar as lições que aprendemos com o Evangelho e com a arte e as reflexões do Pai à nossa vida e ao mundo....... Devemos parar de ver as pessoas como invisíveis ...... Espero que você possa ver e entender..... Todos nós devemos ver, observar, entender e agir de acordo com nossas consciências.

Estou muito chateado com meu país..... e com a Inglaterra ......... Estamos permitindo que nossos governos façam coisas que terão consequências terríveis para todo o século...... DEUS NOS AJUDE.

Estou surpreso que a mídia inglesa não tenha noticiado sobre Aaron Bushnell.

Elvira
Membro
Elvira
1 mês atrás
Responder a  Jamie Cardinal

O que mais é possível dizer, querido Jamie? Proponho esta oração

Querido Pai do céu,
Que você nos criou por amor
e você nos espera por trás de cada pequeno e grande evento: em Cristo,
Unidos a todos os nossos irmãos que hoje sofrem com a guerra e sentindo-nos "envolvidos" pelo manto de nossa Mãe, Maria, abrimos nossas mãos para acolher sua paz.

Tenha misericórdia daqueles que morreram em tantos ataques e de seus entes queridos, dos feridos, daqueles que mataram alguém e de todas as pessoas que estão sofrendo com a violência.

Nós lhe pedimos, Deus Todo-Poderoso: pare a guerra e as armas, dê-nos a sua paz. Conceda-nos a humildade para reconhecer nossa pequenez e a sabedoria para acolher seu amor e sua salvação, que passa pela cruz e pela expiação.

Disperse os verdadeiros inimigos, que semeiam violência, mentiras e ódio nos corações e envie-nos seu Espírito Santo, que desperta a misericórdia, a compaixão e o perdão e nos torna capazes de nos unirmos como irmãos para sua glória.

Estou inteiramente à sua disposição para que você possa trazer paz ao mundo também por meu intermédio. Junte-se a Você, com o que sinto e penso, com tudo o que sou. Aceite agora meus esforços e sacrifícios para me esvaziar de meus interesses egoístas, encha meu coração com seu amor e expresse-o em meus olhos, minhas palavras, minhas ações, minha vida.

Que ele colabore assim na extensão da justiça e do amor, que ele o ajude a preparar a reconciliação e a abrir o mundo para suas riquezas eternas.

Amém.

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
1 mês atrás
Responder a  Elvira

Elvira, você é gentil e querida........, mas precisamos fazer mais do que orar.
Estou cansado de apenas orar! DEUS QUER QUE AJAMOS. Precisamos fazer alguma coisa!
Talvez o Papa possa fazer alguma coisa?

Elvira
Membro
Elvira
1 mês atrás
Responder a  Jamie Cardinal

Acredito que o Papa está fazendo o que pode, pois ele condena constantemente a guerra em suas declarações: "Atacar indiscriminadamente" civis é um crime de guerra porque viola o direito internacional humanitário".
Escrevo entre aspas suas declarações em uma entrevista ao jornal italiano La Stampa.
"Os acordos de Oslo foram muito claros com relação à solução de dois Estados. Até que esse acordo seja implementado, a paz real permanecerá distante"
"Os conflitos podem agravar ainda mais as tensões e a violência no planeta".

Francis, no entanto, está moderadamente otimista em relação às reuniões que estão ocorrendo nos bastidores para chegar a um acordo entre as partes.
"Uma trégua já seria um bom resultado"

Quando perguntado sobre o que a Santa Sé está fazendo nessa fase do conflito, ele disse que o Cardeal Pierbattista Pizzaballa, Patriarca Latino de Jerusalém, é uma figura-chave nos esforços do Vaticano na área.
"Ele é magnífico. Está fazendo bons movimentos. Ele está tentando mediar com determinação"

O papa diz que os cristãos e o povo de Gaza, e não o Hamas, têm o direito de viver em paz e que sua outra prioridade é o retorno dos reféns israelenses mantidos no enclave.
Ele disse que faz chamadas de vídeo diárias com a paróquia cristã em Gaza, que abriga cerca de 600 pessoas.
"Nós nos vemos através do Zoom, eu converso com as pessoas. Elas continuam com suas vidas todos os dias enquanto enfrentam a morte".

Noelle Clemens
Membro
Noelle Clemens
1 mês atrás
Responder a  Elvira

Muito obrigado por essa informação, Elvira, é útil saber o que o Papa Francisco está fazendo. Você deve ter feito uma boa pesquisa.

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
1 mês atrás
Responder a  Elvira

Isso é o que eu também entendo, Elvira.

Thimas@
Membro
Thimas@
1 mês atrás
Responder a  Jamie Cardinal

Acho que você precisa ler jornais diferentes ou algo assim

spaceforgrace
Membro
spaceforgrace
1 mês atrás
Responder a  Jamie Cardinal

A mídia britânica cobriu o assunto, mas não em detalhes.

Thimas@
Membro
Thimas@
1 mês atrás
Responder a  Jamie Cardinal

É preciso ser realista com relação a Gaza. Os russos bombardeiam cidades na Ucrânia e três ou quatro pessoas morrem. Aparentemente, de acordo com o Hamas, 30.000 pessoas morreram.
Gaza poderia ser detida instantaneamente, o Hamas poderia libertar os reféns (provavelmente a maioria está morta) e sair, mas eles não querem fazer isso, são como Hitler em Berlim, todo mundo tem que morrer antes que eles cedam.
Sou ambivalente, não tomo partido, mas não vamos nos deixar enganar. Para começar, pare de assistir à Al Jazeera. Nenhum dos lados está certo, mas não fique muito sentimental com a propaganda do Hamas.

Jamie Cardinal
Membro
Jamie Cardinal
1 mês atrás
Responder a  Thimas@

Talvez o duvidoso "Thimas" (sic) devesse deixar de ser tão duro, ampliar seus horizontes e parar de ler propaganda fanática israelense.

Paul Foster
Membro
Paul Foster
1 mês atrás
Responder a  Jamie Cardinal

É fácil tomar partido em uma situação complexa com reportagens muitas vezes tendenciosas
É mais difícil nos abrirmos ao poder da oração e entregá-la ao Senhor

Chazbo M
Membro
Chazbo M
1 mês atrás
Responder a  Thimas@

Concordo com você, Thimas.

Leituras relacionadas a Lucas 16:19-31

6 de novembro de 2020

Lucas 16:1-8

Havia um homem rico e ele tinha um comissário de bordo.

12 de março de 2020

Lucas 16:19-31

Lázaro e o homem rico

10 de novembro de 2023

Lucas 16:1-8

O mestre elogiou o servo desonesto

29 de setembro de 2019

Lucas 16: 19-31

Parábola de Lazarus & Dives

Junte-se à nossa comunidade

Além de receber nossa Leitura Diária do Evangelho e Reflexão Artística, sua inscrição gratuita lhe permite ainda: 

A missão da Arte Cristã é oferecer uma leitura diária do Evangelho, acompanhada de uma obra de arte relacionada e de uma breve reflexão. Nosso objetivo é ajudar as pessoas a se aproximarem de Deus através da magnífica união entre a arte e a fé cristã.

CONECTE-SE A NÓS

Junte-se a mais de 70.000 pessoas que recebem diariamente nossa Leitura do Evangelho e Reflexão de Arte

Pular para o conteúdo